Digite para procurar

Vacinação em Passos – tire suas dúvidas

Destaque Saúde

Vacinação em Passos – tire suas dúvidas

Compartilhar

Reportagem: Lívia Ferreira  – Imagem: Ascom/PMP

Matéria atualizada às 18:30 do dia 28.06.21 para inclusão de novas informações

O município de Passos está atrasado na vacinação contra a Covid-19? Vai conseguir seguir o cronograma de vacinação por idade divulgado pelo Governo de Minas Gerais? Como é administrada a sobra de vacina, a chamada xepa? Estas e outras dúvidas sobre a vacinação foram respondidas pela secretária de Saúde de Passos, Priscila Soares Corrêa Faria. As perguntas foram enviadas pelos seguidores da Verboaria. Acompanhe:

Continua depois da publicidade

Ainda não segue a Verboaria no Instagram? Então clica aqui!

 

A quantidade de vacinas distribuídas é proporcional à população de cada município. Entretanto, na prática, o que se vê é uma discrepância entre municípios no avanço do cronograma de vacinação. Poços de Caldas, por exemplo, está com a vacinação mais avançada que Passos. Itaú de Minas Carmo do Rio Claro, aqui na região, também nos ultrapassaram. Na Prefeitura de São Luiz (MA), a vacinação já atingiu adultos de 22 anos que não são de grupos prioritários. Por que esta diferença no ritmo de vacinação? Onde está o gargalo?

O município segue rigorosamente todas as orientações da SRS [Superintendência Regional de Saúde] de Passos, de acordo com as notas técnicas da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais; sempre levando em consideração a realidade e especificidade de cada município, pois cada município tem sua realidade local. Toda remessa de vacinas recebidas é de imediato disponibilizada para os grupos prioritários do momento.

Como é administrada a sobra da vacina que fica nas seringas, a chamada xepa? Quem pode receber a xepa?

O município de Passos não trabalha com doses residuais, ou seja, a xepa. Organizamos o trabalho de forma que as doses dos frascos abertos sejam administradas nos grupos prioritários do momento, levando em consideração que a validade do frasco aberto do laboratório FIOCRUZ é de 48 horas.

Na última live sobre vacinação, a Prefeitura de Passos informou que 40% da população já estaria imunizada. Esta conta se refere à população com mais de 18 anos? Este percentual engloba pessoas que tomaram pelo menos a primeira dose?

Sim, 40% da população igual ou maior de 18 anos já está vacinada com a primeira dose da vacina contra a COVID-19. 4.

É possível estender para o período integral o horário de vacinação contra a Covid, beneficiando trabalhadores que não têm tempo das 07h às 11h?

É possível, sim. Sempre levamos em consideração a disponibilidade da vacina e a facilidade do acesso à população.

É possível divulgar a quantidade e nomes das vacinas contra o coronavírus aplicadas diariamente em Passos e o quantitativo aplicado por grupos? Se não, por quê?

O vacinômetro municipal é atualizado semanalmente. Nosso município possui 7 pontos de vacinação e precisamos consolidar, qualificar e revisar os dados antes de informa-los para a população.

Existe cronograma definido de vacinação dos trabalhadores da Educação?

O cronograma da vacinação dos trabalhadores da educação é realizado de acordo com a disponibilidade de doses no município; recebemos doses semanalmente e de acordo com este recebimento programamos a vacinação.

Procede a denúncia* de que professores de outros segmentos, que não os especificados no cronograma, também estão tendo acesso à vacina contra a Covid?

Até o momento não recebi nenhuma denúncia formal sobre alguma irregularidade na vacinação deste grupo; caso receba, irei apurar juntamente com minha equipe técnica de imunização.

A vacinação dos trabalhadores em Educação não deveria ter começado por aqueles que já estão em sala de aula lecionando? Ou vocês estão seguindo estritamente o que determina o Plano Nacional de Imunização (PNI)?

Seguimos rigorosamente as orientações provenientes do PNI e também das notas técnicas da Secretaria do Estado de Minas Gerais.

O Governo do Estado divulgou o cronograma de vacinação por idade. Se for seguido à risca, até outubro toda a população a partir de 18 anos em Minas Gerais terá recebido pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid. É possível para Passos cumprir este cronograma? Se não, por quê?

Tudo vai depender da quantidade de doses recebidas. O objetivo do município é vacinar toda a população em tempo hábil, para controlar a pandemia.

O último vacinômetro divulgado pela Prefeitura de Passos informa que 5.637 trabalhadores da Saúde receberam a primeira dose e 4.422 tomaram a segunda. Qual a previsão de vacinação deste contingente que ainda não recebeu a segunda dose?

As segundas doses já estão disponíveis para quem vacinou com a primeira dose. Provavelmente estas doses estão aguardando o aprazamento adequado da D1 para a D2.

Quem tomou a primeira dose da vacina AstraZeneca e vier a pegar Covid no período de 15 dias após a vacinação está imunizado?

Para um indivíduo ser considerado devidamente imunizado, ele tem que ter recebido as 2 doses preconizadas pelo PNI.

Até dia 17/06 Passos tinham recebido 58.848 doses de vacina e aplicado 47.165 doses. Qual o destino das 11.683 doses restantes?

Temos em nossa rede de frio um quantitativo de doses recebidas para D1 e também D2. As segundas doses da população que já tomou a primeira dose também estão armazenadas e contabilizadas neste quantitativo.

 

*Quatro dias após a publicação desta entrevista, a Prefeitura Municipal de Passos divulgou nota informando que em 24.06.21 a Secretaria Municipal de Saúde recebeu denúncias quanto à possibilidade do uso de declarações falsificadas ou adulteradas que supostamente teriam beneficiado com a vacina contra a Covid servidores da Superintendência Regional de Ensino.

Na nota, a prefeitura informa que o caso foi levado à Controladoria Geral do Município e que este, por sua vez, criou uma força-tarefa para apurar os fatos. A nota informa ainda que, em caráter de urgência, foram oficiados a Polícia Judiciária, o Ministério Público e a Câmara Municipal de Passos.

Em live feita nesta quinta-feira para tirar dúvidas dos seguidores sobre a vacinação, o prefeito Diego Oliveira falou sobre as suspeitas de fraude na vacinação. Acesse a live clicando aqui.

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *