Digite para procurar

Empresários de Passos têm até dia 28 para se cadastrarem no Juros Zero

Cidades

Empresários de Passos têm até dia 28 para se cadastrarem no Juros Zero

Compartilhar

Programa vai beneficiar autônomos, microempreendedores individuais e microempresários com empréstimos de até R$ 15 mil, tendo seis de carência e 36 meses para pagamento

Texto e foto: Lívia Ferreira

Microempreendedores individuais, microempresários e autônomos têm entre as 10h do dia 21 e as 16h do dia 28/09 para se cadastrarem o programa Juros Zero, aprovado pela Câmara Municipal de Passos. O anúncio foi feito em entrevista coletiva concedida hoje pelo prefeito Diego Oliveira, no ato da assinatura do decreto que regulamentou a lei.

Continua depois da publicidade

Conheça o L’Essence, em Passos

Empréstimo
Pelo programa, o empresário que tiver seu cadastro aprovado poderá tomar até R$ 15 mil emprestados, tendo seis meses de carência para começar a pagar e parcelamento do saldo devedor em até 36 meses. Os juros serão pagos às instituições financeiras com recursos oriundos da prefeitura e da Câmara.

Como se cadastrar
Para ter direito ao empréstimo, o empresário precisa estar em dia com todos os tributos municipais. No caso do Simples Nacional (DAS), este pode ou não incluir impostos do município, dependendo da natureza da empresa. O próximo passo é entrar no site da prefeitura e preencher o formulário manifestando interesse em obter o empréstimo. O link para se cadastrar no programa estará disponível a partir desta terça-feira.

Sebrae
A condição indispensável para o candidato ao empréstimo é fazer um curso básico de gestão oferecido pelo Sebrae, em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento. O curso tem duração de cinco horas e estará disponível no site da prefeitura, no mesmo link de cadastramento do programa.

Próximo passo
A análise do cadastro será feita na ordem cronológica dos pedidos recebidos. Serão analisados cadastros até o limite do valor suportado pelo programa Juros Zero, que é de R$ 500 mil.
É de total responsabilidade do tomador de empréstimo a quitação do capital financiado, assim como possíveis juros e multas decorrentes do atraso no pagamento das parcelas. À prefeitura cabe arcar apenas com os juros do empréstimo, desde que pago em dia.

Autonomia
O cadastro do empresário interessado não é garantia de empréstimo, já que caberá às instituições bancárias aprovar ou não a liberação do dinheiro, de acordo com seus critérios institucionais.

3 milhões
Dos cerca de 26 mil CNPJ’s inscritos em Passos, quatro mil são de microempreendedores individuais e seis mil de microempresas, de acordo com secretário municipal de Fazenda Juliano Beluomini. A expectativa do programa – criado para amenizar os impactos financeiros causados pela pandemia – é injetar cerca de R$ 3 milhões na economia do município.

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *