Digite para procurar

Como será a inauguração do Santuário de Cássia

Eventos

Como será a inauguração do Santuário de Cássia

Compartilhar
De 20 a 22 de maio, o município mineiro de 18 mil habitantes espera receber 150 mil pessoas que irão prestigiar o início das atividades da maior igreja do mundo dedicada a Santa Rita. Veja o cronograma dos eventos

Lívia Ferreira – Foto de capa: Divulgação

Com cerca de 18 mil habitantes, o pequeno município mineiro de Cássia será a sede de um dos maiores eventos religiosos dos últimos anos. De 20 a 22 de maio, espera receber cerca de 150 mil pessoas para a inauguração do Santuário Diocesano de Santa Rita de Cássia – o maior do mundo dedicado a ela e construído com a doação de um devoto. O objetivo é tornar o local um grande centro de acolhimento e evangelização.

Continua depois da publicidade

Conheça a Farmácia Homeopassos

Confira a programação completa:

De 12/05 a 20/05
6h – Novena de Santa Rita
12h e 19h – Missa e Novena no Santuário Matriz
15h – adoração ao Santíssimo Sacramento do Santuário Matriz

Dia 20/05 – Sexta-feira
19h – Missa solene de encerramento da Novena de Santa Rita no Santuário Matriz
20h – Bênção da área comercial do Novo Santuário
21h – Apresentação musical da Banda Maestro Godofredo de Barros e da Fanfarra dos Veteranos no Novo Santuário

Dia 21/05 – Sábado – Novo Santuário
9h – Missa Solene de Sagração do Santuário presidida pelo Bispo Diocesano Dom José Lanza Neto
15h – Adoração ao Santíssimo Sacramento com bênção solene
19h – Missa com bênção dos voluntários
21h – Show católico com Adriana Arydes

Dia 22/05 – Domingo
5h – Missa dos peregrinos no Santuário Matriz
9h – Missa das Rosas presidida pelo Bispo Diocesano Dom José Lanza Neto no Novo Santuário
11h – Cerimônia de doação do Novo Santuário pelo empresário Flávio de Melo Carvalho, com a participação do tenor Bruno Bioza
15h – Missa no Novo Santuário
17h – Missa no Santuário Matriz
18h – Procissão luminosa do Santuário Matriz para o Novo Santuário
19h – Missa de encerramento do dia da padroeira no Novo Santuário

Estrutura
Com 100 mil m² de área construída – sendo 7 mil m² de igreja principal, o Santuário tem capacidade para receber 7 mil pessoas, sendo 5 mil sentadas e 2 mil em pé.
O complexo religioso tem área comercial com 48 lojas, fraldários, velário, sanitários, vestiários, restaurantes, estacionamento com mil vagas para veículos de passeio e 200 para ônibus e heliponto com capacidade de receber três aeronaves. O local também tem uma réplica, em detalhes, da casa onde viveu Santa Rita, na Itália.

Casa onde viveu Santa Rita, na Itália. Santuário terá réplica da construção (Foto/Divulgação)

Devoção
A construção começou em 2018 e foi toda custeada pelo empresário e devoto cassiense Paulo Flávio de Melo Carvalho, que mora em Sorocaba. Estima-se que a obra esteja orçada em R$ 30 milhões. “Mas o Paulo não fala em números. Diz que não se fala preço de presente”, explica Adriana Araújo, secretária paroquial.
Idealizado por Paulo Flávio, o Santuário foi projetado pelos arquitetos Adriano Dias Agushi e Tiago Castro. O engenheiro Gustavo Bormann foi o responsável pela construção.

O que esperar
O Santuário deve tornar Cássia um dos maiores centros de peregrinação e turismo religioso do País – a rede hoteleira da região já sente a alta demanda, pois o município ainda não dispõe de leitos em quantidade suficiente.
A praça de alimentação do Santuário já estará funcionando nos dias dos eventos de inauguração. Mesmo assim, por conta da quantidade de pessoas esperadas, alguns comerciantes de Cássia estão abrindo restaurantes provisórios.

Bolsonaro e Lula
A organização do evento informa que ainda não foram confirmadas as presenças do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidatos à presidência da República.

Santa Rita é considerada a santa das causas impossíveis (Foto/Canção Nova)

Quem foi
Filha única de Antonio Lotti e Amata Ferri, Rita nasceu em Roccaporena, a 5 km de Cássia, na Itália, em1381, e foi batizada com o nome de Margherita (Margarida, em latim, significa pérola ou pedra preciosa). Seus pais eram “pacificadores de Cristo” nas lutas políticas e familiares entre os Guelfi e os Ghibelini. Deram o melhor de si mesmo na educação de Rita, ensinando-a, inclusive, a ler e escrever.

Vida religiosa
Seu grande desejo era consagrar-se à vida religiosa. Mas, seguindo os costumes de seu tempo, ela teve de se casar aos 16 anos com Paulo Ferdinando Mancini, um jovem de boas intenções, mas vingativo. Tiveram dois filhos, e ela educou as crianças com princípios de fé e amor.
Rita levou uma vida simples, mas rica de virtudes e preces dedicadas à família. Com muita oração, ajudou o marido, conhecido pelo forte temperamento, a se converter. Vítima do ódio entre facções, ele acabou sendo assassinado.

Perdão
Graças aos ensinamentos do Evangelho, Rita perdoou todos aqueles que lhe causaram dor. Os filhos, ao contrário, influenciados pelo ambiente e pelos parentes, eram inclinados à vingança.
Ela suplicou a Deus que os levasse antes que cometessem um grave pecado. Ambos, ainda jovens, morreram em consequência de uma peste.

Convento
Sem o marido e os filhos, Rita entregou-se à oração, penitência e às obras de caridade. Ela também tentou ser admitida no Convento Agostiniano em Cássia, sendo recusada no início, visto que tinha sido casada, o marido fora assassinado e os dois filhos morreram de peste. No entanto, não desistiu e manteve-se em oração, pedindo a intercessão de seus três santos patronos – São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolas de Tolentino. Por volta de 1441, foi aceita.

  1. Refúgio
    Seu refúgio era Jesus Cristo. Rita recebeu um estigma na testa, que a fez sofrer muito devido à humilhação que sentia, pois cheirava mal e incomodava os outros. Por isso, teve que viver resguardada.
    Morreu em 1457 com 76 anos, após uma dura enfermidade que a fez padecer por quatro anos. Foi venerada como santa, imediatamente após a sua morte. Seus ossos, desde 18 de maio de 1947, repousam no Santuário, em uma urna de prata e cristal fabricada em 1930.Tornou-se conhecida como a “Santa das Causas Impossíveis”. Saiba mais sobre a vida de Santa Rita clicando aqui.

Continua depois da publicidade

Siga a Verboaria no Facebook e no Instagram e fique por dentro das novidades todos os dias nos stories

Você sabe a diferença?

BASÍLICA – Igreja de grande porte, privilegiada com relíquias de santos, ou que possua grande influência sobre determinada região geográfica ou país pelo acentuado caráter espiritual que exerce. A Basílica de São Pedro, por exemplo, reúne estas condições e possui condição ímpar, uma vez que o Papa, como chefe da Igreja, exerce pleno poder e jurisdição eclesiástica sobre todo o mundo.
Só há três igrejas no mundo que são chamadas de Basílicas Maiores: São Pedro, São Paulo e Santa Maria Maior, todas em Roma.

CATEDRAL – É a Igreja episcopal, cujo dirigente maior é o bispo, que exerce influência sobre os párocos das igrejas de sua diocese, repassando, com sua autoridade eclesiástica, as diretrizes firmadas pelo Papa. Nas catedrais é que são sepultados os bispos de uma determinada diocese e esta é a condição para que uma igreja seja designada “Catedral”.

IGREJA – É um templo católico, normalmente, com qualidade de paróquia, onde o vigário e/ou pároco, exercendo sua autoridade religiosa, confirma e repassa as instruções episcopais aos religiosos ou fiéis que estão sob sua jurisdição eclesiástica.

CAPELA – Templo católico que comporta, normalmente, só um altar, caracterizada pela sua modesta estrutura física, onde o padre exerce suas funções, normalmente de forma itinerante, estando subordinada e pertencendo a determinada paróquia.

SANTUÁRIO – Igreja digna de apreço pelas relíquias que contém, normalmente do padroeiro de uma cidade, pela afluência de devotos ou por grandes graças daí obtidas.

MATRIZ – Geralmente é uma paróquia, administrada por um padre, e é a primeira igreja da região ou daquela cidade, uma igreja com elevada importância histórica e espiritual para determinada população.

Com informações do site Canção Nova e do blog católico Mãe Pura e Incomparável

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *