Digite para procurar

Julho Laranja: vamos cuidar do sorriso do seu filho?

Saúde

Julho Laranja: vamos cuidar do sorriso do seu filho?

Compartilhar

Sabia que este é o mês dedicado à saúde bucal das crianças? Veja quais doenças a prevenção pode evitar

Já ouviu falar que a saúde de uma pessoa começa pela boca? É verdade! Falta de escovação, escovação errada, alimentação inadequada e ausência de visitas regulares ao dentista podem ser a porta de entrada para vários tipos de doenças – e não só na boca.

Julho Laranja
Os cuidados devem começar já na infância, até mesmo para a criança ir se acostumando e não desenvolver medo de ir ao dentista no futuro. Para enfatizar a importância da saúde bucal infantil, foi criada em 2019 a campanha Julho Laranja. A cor laranja remete a alegria, vivacidade e confiança. E julho é o período em que os pais mais procuram os dentistas para cuidar da saúde bucal dos filhos. Já o mascote, o Julito, é um pássaro simpático e elegante, que lembra a leveza de ser criança e o alto nível da ortodontia brasileira, reconhecida mundialmente.

Julito, o mascote da campanha, representa a leveza da infância e a excelência da ortodontia brasileira em nível mundial

Idade
Especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares, Dra.Vanessa Maia (foto no início da matéria), da clínica Clin Care Odontologia, enfatiza que a partir dos cinco anos de idade a criança deve começar a ser avaliada pelo ortodontista. Nesta fase os dentes e o maxilar ainda estão se desenvolvendo e fica mais fácil fazer intervenções. “Há alterações maxilares que se não forem tratadas na infância, que é a fase de crescimento e desenvolvimento ósseo, podem levar a cirurgias futuras. Correção precoce evita vários problemas ao longo da vida adulta.”

 

Prevenção
E que tipos de problemas a prevenção pode evitar? Uma delas é a apneia do sono infantil. A menos que esteja doente, criança não deve roncar. Noites mal dormidas podem resultar em déficit de crescimento (durante o sono é quando ela mais cresce); déficit de aprendizado (sonolência ou agitação dificultam a concentração) e dificuldade de interação social, causada pela apatia ou irritabilidade por não ter dormido direito.
Mordida aberta, mordida cruzada, prognatismo, dentes apinhados (“encavalados”), infecções, problemas na gengiva, fraturas e até perdas de dentes são outras consequências desfavoráveis da falta de prevenção.

Bullying
“Há outro aspecto a ser considerado: o psicológico. A má formação dos dentes e da arcada dentária podem levar ao bullying, afetando a autoestima da criança”, alerta Vanessa.
E se o problema é o medo ou a resistência da criança em usar aparelhos, é bom saber que eles evoluíram muito nas últimas décadas: ficaram mais confortáveis e mais atrativos esteticamente.

 

Profissionais
A correção de problemas dentários na infância é um trabalho multidisciplinar: pode envolver, além do olhar do odontopediatra, o ortodontista, otorrinolaringologista, fonoaudiólogo e pediatra.

Projeto de Lei
A prevenção é tão importante que poderá ser incluída na legislação federal. Tramita no Congresso Nacional, desde abril de 2019, projeto de lei estabelecendo que crianças de seis a 12 anos que estudam em escolas públicas terão direito a cuidados ortodônticos preventivos na rede de ensino. “Por isto o slogan da campanha Julho Laranja é: ‘ Cuidados precoces, sorrisos para toda vida’”, justifica Vanessa.

 

 

Contato:

Clin Care Odontologia

Avenida Arouca, 660 – Edifício Satélite – Sala 711 – Passos (MG)

Telefone: 35 3521 0406

WhatsApp: 35 98702 0406

Instagram: @clincareodontologia

Facebook: Clin Care Odontologia

Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *