Digite para procurar

Escola presenteia Passos com arte em grafite

Cidades Destaque

Escola presenteia Passos com arte em grafite

Compartilhar

Texto: Lívia Ferreira
Fotos: Divulgação

Casal de artistas plásticos passou a sexta-feira pintando nos muros da E. E. São José imagens icônicas em homenagem aos 163 anos da cidade

Foi quase no apagar das luzes da última sexta-feira (13) que o casal de artistas plásticos  Daiane Aparecida Martins e Helvio Aveiro finalizou o presente de aniversário pelos 163 anos de Passos. Em menos de 24h, os muros da Escola Estadual São José, no bairro Jardim Califórnia, amanheceram coloridos com imagens em grafite de símbolos passenses: a Santa Casa, a Capelinha e o Santuário da Penha, o antigo fórum, a estação de trem, o brasão da cidade e até o tucano que “dá expediente” de domingo a domingo em uma das janelas do Hospital Regional do Câncer.

 

Sem desfile, mas com arte
A ideia foi dos próprios artistas e contou com o apoio imediato da direção da escola. Sem o tradicional desfile em homenagem ao aniversário de Passos – suspenso desde o ano passado em razão da pandemia do coronavírus, o casal não quis deixar passar em branco uma data tão especial. Com criatividade, eles usaram a arte para homenagear o município. A escola entrou com a ajuda de custo e o material. Foram quase oito horas de trabalho ininterrupto – uma corrida contra o tempo. “Quando terminamos foi um misto de alívio, satisfação e alegria”, diz Daiane.

Lei do retorno
Este não é o primeiro trabalho que eles realizam na escola. Em maio, entregaram uma obra em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Antes, fizeram um mural lembrando o trabalho dos profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia. O objetivo é grafitar todo o muro da escola. Muitas obras realizadas por eles são voluntárias. A recompensa por tanta dedicação vem em forma de contratações da iniciativa privada. Há 18 anos eles conseguem sobreviver exclusivamente da arte.

Poesia
Entre as obras grafitadas no novo painel está uma poesia. Os versos foram vencedores de um concurso realizado pela escola para homenagear Passos. A iniciativa contou com apoio do empresariado local, que doou brindes e presentes para os primeiros colocados. Como parte da premiação, a vencedora, aluna Graziela Silva Firmino (2º M 5), teve sua poesia grafitada por Daiane e Helvio.
Cada poesia foi escrita sob a orientação de um professor. Salve Passos, de autoria de Graziela, teve a orientação da professora Claudia Paim. Ser passense é bão demais, de José Carlos Valeriano Filho (6º V 6), que ficou em segundo lugar, foi orientada por Carla Beatriz. E a terceira colocada, Paola Assis Dias Cruz (8º V 6), com a poesia Passos, teve a orientação do professor e jornalista José Reis Santos. A cerimônia de entrega das premiações deve acontecer na próxima semana.

Abismo
Em 2012, a extinta Rádio Globo de Passos fez uma reportagem sobre os atos de vandalismo que estavam destruindo a escola e provocando insegurança na comunidade escolar. Passados nove anos, o cenário é outro. “Existe um abismo que separa a Escola Estadual São José de 2012 da Escola Estadual São José de 2021. Ela vive uma realidade completamente diferente”, explica o diretor Fabiano Amorim Costa.
Com o envolvimento de educadores, colaboradores, alunos e a parceria com instituições de ensino, o vandalismo acabou e a pintura dos muros é feita apenas a título de manutenção do prédio. “Entre uma pintura e outra não há mais pichações. Isto ilustra bem a sensação de pertencimento, que eu acho extremamente importante”, comenta o diretor.

Esportes e curso técnico
Por conta da pandemia, muitas atividades ocorrem de forma remota. Antes, porém, a escola pulsava com atividades o dia todo e também aos finais de semana: aulas de música, esporte, artesanato, jiu-jitsu, handball, futsal.
A E.E. São José oferece ensino médio integral e se tornou uma escola técnica, com cursos de segurança do trabalho e informática. Aos 17 anos o aluno já sai com dupla formação.

Na estrada
O projeto São José na Estrada viabiliza viagens culturais com os alunos para museus e universidades, ampliando as perspectivas e despertando o interesse pela vida acadêmica.
Já cursinho pré-vestibular conta com vários professores voluntários e oferece, além de conteúdo focado no Enem, orientação que vai desde o procedimento de inscrições até matrículas nas faculdades. A parceria firmada com o IFSUL de Minas garante aulas de aulas de reforço. O resultado foi o aumento do índice de aprovação nos vestibulares. “Em seus mais de 50 anos, a escola vive provavelmente um dos seus melhores momentos” avalia o diretor.

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *