Digite para procurar

Volta às aulas em Passos: resumo da coletiva

Educação

Volta às aulas em Passos: resumo da coletiva

Compartilhar

Terminou há pouco, no anfiteatro da Casa da Cultura de Passos, a entrevista coletiva com representantes das Secretarias de Saúde, Educação e médicos infectologistas do município para detalhar como será o retorno às aulas no sistema híbrido (presenciais + remotas). Confira os principais tópicos:

Continua depois da publicidade

 

Quer ficar por dentro de notícias boas e de utilidade pública? Clique aqui e acompanhe nossos stories

Data
Está confirmado: aulas híbridas terão início dia 01/03 para escolas da rede particular de ensino e dia 22/03 para os estabelecimentos da rede municipal. A diferença de datas ocorre porque escolas particulares finalizaram antes a adequação ao plano de contingência criado para diminuir as chances de contaminação pelo coronavírus nas instituições de ensino.

Zona Rural
Alunos da zona rural continuam com o transporte assegurado, já que o contrato com os motoristas foi renovado. O que muda é o percentual de poltronas que podem ser ocupadas: um terço do total ou até 50% do montante se houver barreira de isolamento entre elas.

Educação infantil
O retorno às aulas híbridas não valerá para alunos de zero a três anos por enquanto. O foco no momento é a educação obrigatória;

Obrigatoriedade
Nenhum aluno ou professor será obrigado a frequentar aulas presenciais se não se sentir seguro. Questionários estão sendo distribuídos a pais e educadores para que a Secretaria Municipal de Educação saiba, de fato, qual o quantitativo de pessoas dispostas a voltar – é isto que vai impactar na distribuição de alunos por sala. Entre os que não poderão ter aulas presenciais estão pessoas com doenças congênitas, do grupo de risco ou que moram com indivíduos pertencentes ao grupo de risco.

Kits de higiene
Alunos de escolas municipais terão acesso gratuito ao kit completo de higiene, incluindo troca diária de máscaras.

Recreação
Num primeiro momento, os intervalos serão destinados apenas ao consumo de lanches, sem recreações. Aulas de educação física estão liberadas, desde que mantendo a distância mínima de um metro e meio entre os alunos.

Vacinação de professores
O prefeito Diego Oliveira tem audiência marcada em Brasília na próxima quinta-feira com o presidente do Senado Rodrigo Pacheco. Na pauta está o pedido para que os professores sejam incluídos no grupo prioritário do plano nacional de imunização. O prefeito declarou ser favorável à inclusão dos educadores, mas ponderou que municípios não têm autonomia para interferir na ordem de prioridade da vacinação contra a Covid-19.

Isolamento
Se houver um caso de aluno ou educador positivo na sala, toda a sala terá de cumprir a quarentena.

Brigada
Será designada uma brigada de enfrentamento ao coronavírus especificamente para as escolas, que deverão ter o laudo de vistoria aprovado para funcionar.

Aulas 100% presenciais
Ainda não é possível estimar quando as aulas nas escolas de Passos voltarão a ser 100% presenciais. Vai depender do índice de contaminação quando estiver em vigor o sistema híbrido de ensino. Diego não afastou a hipótese de revogar o decreto se a contaminação aumentar significativamente, embora esteja confiante que os números de infectados não aumentarão.

Plano de contingência
O plano de contingência para permitir a volta segura às aulas do sistema híbrido começou a ser elaborado em setembro de 2020. Contou com a participação de equipes da Secretaria de Educação, Saúde, Ministério Público Estadual e médicos infectologistas de Passos.

Prejuízos
Segundo as equipes de Saúde e Educação, entre os prejuízos causados a crianças e adolescentes durante o último ano sem aulas presenciais estão: aumento dos casos de abuso sexual, estupro, violência doméstica e ideias suicidas. Três crianças cometeram suicídio e uma foi internada por tentativa de enforcar a si própria. Também aumentou o índice de mães que perderam o emprego por não terem com quem deixar seus filhos.

Capacidade de transmissão
Em um ano de pandemia, nenhuma criança de Passos foi internada na UTI para a Covid-19. O único caso de internação de criança infectada pelo coronavírus ocorreu em um paciente asmático, que recebeu alta no dia seguinte. Durante a entrevista coletiva, foi observado que, de acordo com estudos científicos, crianças têm menos receptores para o coronavírus e, assim, quando contaminadas, possuem baixa carga viral, transmitindo muito menos a doença. Nelas, os sintomas da Covid-19 tendem a ser brandos, quando ocorrem. Outra descoberta é que a vacina contra o sarampo dificulta a infecção pelo coronavírus.

Decreto
O prefeito Diego Oliveira solicitou, para esta semana ainda, que o decreto disciplinando os protocolos de volta às aulas nas escolas, bem como o plano de contingência, sejam divulgados para a imprensa – razão pela qual esta matéria deverá ser atualizada.

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *