Digite para procurar

Padroeiro de Passos ganha hino com novo arranjo

Coluna Social

Padroeiro de Passos ganha hino com novo arranjo

Compartilhar

Novidade criada por músicos passenses será lançada em live nesta sexta, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da igreja Matriz

Da Redação

Como ser original sem perder a identidade da obra? Esta foi a indagação do violonista passense radicado em Belo Horizonte Celso Faria quando teve a ideia de criar um novo arranjo para o hino em homenagem ao Senhor Bom Jesus dos Passos, padroeiro do município.

Música de câmara

“Eu não poderia simplesmente copiar a versão conhecida do hino. Era preciso criar um arranjo novo, inédito, mas sem alterar suas características, que são amplamente conhecidas da comunidade”, explicou Faria.

A solução foi inserir o hino dentro de outro contexto, o da chamada “música de câmara” – em que cada parte (voz ou instrumentos) tem sua própria autonomia, mas, ao se ouvir o conjunto, todos soam harmonicamente juntos.

Live

O resultado do projeto de Faria poderá ser conferido em primeira mão nesta sexta-feira (6), feriado municipal, quando Passos comemora o dia do Padroeiro. O presente virá em forma de arranjo para canto, flauta e violão, do hino ao Senhor Bom Jesus dos Passos, composto pelo padre Ronoaldo Pelaquin em 1978.

O vídeo do hino será exibido durante uma live, às 20h, de dentro da igreja Matriz, com apresentação do pároco Sandro Henrique de Almeida Santos. A transmissão será ao vivo pelas redes sociais da igreja.

Parcerias

Os parceiros musicais de Faria, que estará à frente do violão, foram fundamentais na consolidação deste novo arranjo do hino, que tem 3 minutos e 33 segundos: Silas das Mercês (flauta) e Cássio Vasconcelos (voz).

Processo criativo

O processo de criação foi rápido e com entrosamento: após a escolha da tonalidade para se adequar perfeitamente à extensão vocal do também passense Cássio Vasconcelos, Faria elaborou a parte que cabe ao violão. “Para a parte da flauta executada por Silas das Mercês, pensei em lhe conferir uma dupla função: dialogar, ora com o canto, ora com o violão – valorizando assim, o colorido que este instrumento poderia impregnar ao arranjo”, explicou o violonista.

Outras parcerias

O novo arranjo também contou com a participação de Douglas Arouca (produção do vídeo), Denilson César Reis (Studio Alfa),  jornalista Adriana Dias (assessoria de comunicação) Jornal Folha da Manhã (divulgação do projeto) e Clesinho Som e Luz (suporte para a realização da live). Anote na sua agenda cultural, aprecie e bom feriado!

Com informações do Escritório da Notícia

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *