Digite para procurar

Opinião: Pobreza também mata!

Cidades

Opinião: Pobreza também mata!

Compartilhar

Por Lívia Ferreira

Trabalho em home office, em uma empresa 100% digital. Por isto tenho o privilégio de cumprir o #fiqueemcasa. Mas me solidarizo com quem não tem esta mesma oportunidade.

Pesquisa mostrou que o empresário brasileiro, em média, tem fôlego e reserva financeira para sobreviver 27 dias sem vender. Passos tem uma renda per capita que não ultrapassa 2 mil reais mensais. Piumhi, com 1/3 da nossa população, tem renda per capita 25% maior.

 

Continua depois da publicidade
Saiba como contratar um seguro de vida contra a Covid-19 clicando aqui.

O problema é a falta de consciência de quem, por ausência de discernimento ou excesso de coragem, se acha intocável pelo vírus. Ou mais triste ainda: quem, por exaustão mental causada pelo isolamento, prefere se arriscar, “viver a vida” a ter que “morrer em vida” – esta última categoria precisa de amparo psicológico!

O fato é que, por um motivo ou outro, pessoas assim vão continuar aglomerando, mesmo com tudo fechado e gente sem renda. Praias continuam lotadas. Gente se preparando para o Carnaval informal.
Fique em casa, se possível. Compre via delivery para o seu amigo empresário não falir. Respeite as medidas de proteção e, assim, ajude a preservar empregos e vidas. E entenda que, quanto mais burlamos as regras da quarentena, mais reféns nos tornamos dela. Economia e saúde precisam andar de mãos dadas. Pobreza também mata. O remédio se chama bom senso. O antídoto? Fiscalização.

Editora do site Verboaria

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *