Digite para procurar

Castramóvel chega a Passos dia 22/07

Cidades Destaque

Castramóvel chega a Passos dia 22/07

Compartilhar

Veja como cadastrar seu bichinho para castração e saiba mais sobre as ONG’s de Passos. Só em 2020, a Patas Amigas ajudou 1.100 animais

Texto: Pedro Freitas/ Edição: Lívia Ferreira/ Foto de capa: Moshe Harosh/Pixabay

Passos receberá, entre os dias 22 e 29 de julho, o castramóvel. A meta é realizar a cirurgia de castração em 500 animais. “Esse é o primeiro mutirão realizado pelo poder público. Uma ação que irá beneficiar muitas famílias que não podem custear a cirurgia”, explica a vereadora Gilmara Oliveira, ex-presidente da Organização Não-Governamental Patas Amigas e que luta pela defesa dos direitos dos animais.

Continua depois da publicidade

Ainda não segue a Verboaria no Instagram? Então clica aqui!

Como conseguir
Para inscrever seu gato ou cachorro no serviço de castração, é preciso acessar o Facebook das Patas Amigas ou da S.O.S Patas de Passos e solicitar as cirurgias. Terão prioridade os casos considerados mais urgentes pelas ONG’s.

Parcerias
O castramóvel virá ao município por meio da ONG Ajuda. O mutirão é resultado de uma articulação entre o deputado estadual Noraldino Júnior – que conseguiu o dinheiro por meio de emenda parlamentar – e da vereadora. A Prefeitura de Passos irá custear as despesas de deslocamento e estrutura física.
Para garantir a realização das cirurgias ainda este ano, Gilmara vai arcar pessoalmente com as despesas de eventuais intercorrências médicas.

Foto: MJImages/Pixabay

Patas Amigas
Só em 2020, a Patas Amigas  ajudou 400 animais e castrou mais de 700, entre cães, gatos e cavalos.
Criada em 1991, a Patas Amigas tinha, no início, o objetivo de combater maus tratos contra os cavalos. Com o tempo, a atenção se voltou também aos gatos e cachorros de Passos. Hoje, por meio do Facebook, localiza e ajuda animais que estão disponíveis para doação. A ONG não presta o serviço de atendimento médico veterinário. É responsabilidade do tutor arcar com esses cuidados. Se o responsável não tiver condições, a instituição tenta mobilizar voluntários para a tarefa.

Como ajudar
A ONG se mantém com doações da comunidade e repasses do município para custear assistência médica e castrações. A ajuda pode ser feita por meio de contribuições mensais, doações em espécie, ração e medicamentos ou sendo voluntário. “Basta entrar em contato conosco através da página [do Facebook]”, diz Gilmara. Hoje a presidente da ONG é Luciene Rosa Alves.

Foto: Rodnae Productions/Pexels

S.O.S Patas
Já a SOS Patas nasceu em 2016 graças a um grupo de WhatsApp criado no ano anterior. O objetivo é resgatar animais abandonados e vítimas de maus tratos. “Ajudamos qualquer tipo de animal. Resgatamos, cuidamos e depois de curados colocamos para adoção através de feiras e na nossa página no Facebook”, disse Cláudia Lúcia Piacezzi Ferreira, vice-presidente da ONG.
A SOS Patas tem parcerias com clínicas veterinárias que oferecem descontos para consultas e cirurgias. “Nosso maior sonho é ter um abrigo para acolher esses animais”, afirma Cláudia.

Como ajudar
A SOS Patas é 100% dependente de doações da comunidade. A ONG conta com a ajuda de doadores mensais, vendas de rifas de produtos doados e renda de bazares da pechincha, em que as pessoas podem doar qualquer coisa para ser vendida. “Quem puder ajudar pode nos procurar no Facebook ou no Instagram @ongsospatas”, sugere a vice-presidente.

Tags:

Você também deve gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *